.

.

terça-feira, 22 de abril de 2014

EU ACREDITO NA POLÍTICA

É comum me perguntarem nas ruas: porque você está abrindo mão da sua carreira no Banco do Brasil e de passar mais tempo com a sua família para se dedicar à Política?
Sendo simples e direto; após diversas tentativas de trabalho voluntariado em várias instituições, inclusive criando uma ONG, cheguei à conclusão de que a Política ainda é o melhor instrumento de transformação da sociedade em que vivemos para a sociedade que queremos.
Na minha idade, 31 anos, me sinto privilegiado por ter uma família sólida e um bom trabalho que garante minha independência financeira. Digo isto, porque sem uma família estruturada, um lar e um trabalho digno, infelizmente eu não teria condições de lutar pelos meus sonhos mais nobres. Pra mim o sonho mais nobre que alguém pode ter está sempre relacionado ao bem comum; ao bem da coletividade.
Só estou tentando fazer algo pela minha cidade e região porque percebi que a melhor maneira de contribuir com o desenvolvimento e o progresso da minha comunidade é através de um mandato político. Existem outras formas, é claro, mas que não possuem o mesmo alcance do exercício de um mandato, especialmente no caso do poder executivo.
Pensem comigo... queremos mais empregos; queremos salários mais altos; queremos uma educação de qualidade; queremos boas estradas rurais; queremos um sistema de saúde rápido e eficaz; queremos segurança; etc. Tudo isso não será possível senão por intermédio do Estado, ou seja, da Política. Aliás, foi por intermédio da Política que muita coisa boa já aconteceu nesse país.
Portanto, ainda que não concordemos com a forma de se fazer política no Brasil e em nossa cidade, precisamos urgentemente participar do processo de mudança e de transformação. Achar que alguém vai resolver tudo sozinho é mera ilusão. Temos sim que tomar as rédeas da nossa história e criar o nosso destino.
Infelizmente, existem muitos obstáculos aos novatos que almejam contribuir com a comunidade. Há muitas pessoas maldosas que se apropriaram dos mandatos e tratam a população como servos. Mas, tenho certeza de que as novas tecnologias e as novas lideranças se encarregarão naturalmente de purificar esse ambiente podre que faz com que a grande maioria das pessoas não acreditem mais na Política.
Se quisermos um Norte Pioneiro pujante precisamos acreditar na Política, ainda que não acreditemos em certos políticos. Se desejamos o progresso, não temos outra alternativa senão lutarmos pelos nossos legítimos interesses através de uma boa representação Política.


Paulo Leonar é graduado em Ciências Contábeis pela UFPR; graduando em Gestão Pública pela UEPG e pós-graduado em Finanças. Mora em Wenceslau Braz com sua esposa; é funcionário do Banco do Brasil e professor universitário.

Um comentário:

  1. OPNIAO - POLITICA NENHUMA E ACREDITADA POIS SAO UNS BANDIDOS QUEREM TER PODER PARA MANIPULAÇAO DE PESSOAS JURIDICAS E FISICAS. O POVO E BURRO DEMAIS MERECE SER ESCULACHADO - DIZ O VELHO DITADO O POVO TEM GOVERNO QUE MERECE - VOLTA DITADURA MILITAR .

    ResponderExcluir

Os comentários não refletem a opinião do jornal